banner

O PODER DE LIMPEZA E TRANSFORMAÇÃO DE PLUTÃO

Plutão foi descoberto em 1930 apesar de ter sido calculado matematicamente alguns anos antes. 
Possui um satélite chamado Caronte e a sua revolução sideral tem uma duração aproximada de 248 anos. A sua órbita é bastante excêntrica pois leva cerca de 10 anos a percorrer alguns signos e outros 30 anos.

Regente do signo de Escorpião, corresponde à 8ª Casa.

Palavras-Chave - Poder, abuso, nascimento, morte, ressurreição, regeneração, eliminação, tabu, poluição, transmutação, subversão, obsessão, compulsão, mente, inconsciente, deterioração, ditador, orgasmo, diálogo religioso, psicanálise, o que foi preparado em segredo, todos os processos químicos.

Carreira - Médico, cirurgião, detetive, cangalheiro, parteira, físico nuclear, psicólogo, psiquiatra e consultor de gestão.

Fisiologia - Órgãos reprodutores e excretores, processos destrutivos, o inconsciente, o sentido da orientação, todos os nervos vitais e as faculdades psíquicas positivas.

Qualidades - Ambição, desejo de independência, aspiração à elevação Espiritual, domínio das forças da natureza, aptidões para a investigação, pioneiro e mentalidade vanguardista.

Defeitos (se estiver afligido) - Brutalidade, rebelião, abuso das forças ocultas, vandalismo e sadismo. 

Metal - Plutónio.

Mineral Selénio.

Vitamina - E.

Cristais - Quartzo fumé, obsidiana negra, azeviche.

Cores Vermelho escuro, magenta e violeta.

Lugares - Tudo o que é escuro, escondido e subterrâneo, canalizações, fossas esgotos, sítios radioativos ou próximos de instalações nucleares.

Obstáculos de vidas passadas - Abuso de poder, falta de confiança das próprias convicções, uso indevido de poderes ocultos, magia negra e sacrifícios de terceiros para fins pessoais.

Plutão e Saturno são planetas com muito significado cármico, são os regentes do destino
Plutão é vulcânico, a sua forma normal de atuar é primeiramente de agitação interna e, depois, opera no exterior levando a uma crise profunda que deixa uma pessoa completamente diferente do que era.
Os seus aspetos com os outros itens do Mapa Natal indicam onde há que aprofundar e conhecer a fundo algo na vida, também é onde terá que assumir uma missão cármica muito especial.

A influência de Plutão é morte e destruição para renovar o que já está caduco. Assim, as crises que provoca são "catarses"profundas, pois geralmente não desejamos que morram essas partes do nosso ser. Plutão simboliza a morte mas mais num sentido de passagem, de transformação, que de desaparecimento.
Tem a ver com tudo o que significa Poder, Dinheiro, Chefes, Pioneiros, Política e, claro, é Regente do Signo de Escorpião que também tem a ver com o sexo, pois também é Poder. Estas afinidades em parte, são devidas â natureza compulsiva de Plutão, tende a aproximar-se de tudo o que significa poder para ter controlo sobre a situação, no fundo, com medo à destruição, que representa, não quer que morram as coisas por ele tocadas e numa tentativa de controlo procura Poder para se defender. 

Mas, basicamente, o seu significado profundo é que morra algo para poder renascer com uma nova ordem. As pessoas que na área tocada por Plutão fecham os olhos ao que ele pede que mude e se agarram como um prego às anteriores formas de conduta, muitas vezes provocam a si mesmas grandes traumas, sobretudo se está mal posicionado no  Mapa Natal. Reprimem o que significa Plutão, mas no final ele sempre ganha e termina surgindo, na maioria das vezes em que não se enfrenta o seu desafio, de forma explosiva-compulsiva e, até me atreveria a dizer, perigosa.
Enfim, Plutão exige adquirir um conhecimento profundo dos aspetos da vida que toca e através deste conhecimento, morrer e renovar-se para que possa nascer o novo. O mais provável é que a partir da metade da vida, as áreas influenciadas por Plutão sejam as áreas da vida que conhecemos mais a fundo, o seu pleno funcionamento, as suas fontes internas escondidas. Por exemplo, alguém com Plutão na Casa XI, pode chegar a conhecer muito a fundo como funcionam as amizades, os grupos. Alguém com Plutão na Casa XII, terá um profundo conhecimento de como funciona a psique e também a manipulação dela pelo poder. Se tiver Plutão na Casa VII, conhecerá as fontes profundas das relações etc.
Em previsões, os seus aspetos à Carta Natal, normalmente representam as maiores catarses da vida de um ser, geralmente depois da sua influência com qualquer item do Mapa. Se olhar para trás, vai perceber de que as suas opiniões, reações. conceitos, enfim, tudo o que está relacionado consigo, mudou total e radicalmente.
De certo modo, podemos comparar as crises de Plutão em trânsito sobre o nosso Mapa Natal a uma doença, absolutamente necessária para limpar e trazer â tona todo o negativo acumulado para conhecermos, assumirmos e modificarmos e curarmo-nos através da mudança. Obriga-nos, segundo a minha experiência e a de muitos Astrólogos, quer queiramos ou não, alterar o que está mal, é como se caíssemos doentes e não nos colocássemos no processo de cura. Se não encararmos estas facetas da vida que Plutão nos traz em primeiro plano para conhecê-las e curá-las, é como se não ficássemos na cama com uma gripe e depois pode degenerar para uma pneumonia, é o que pode suceder depois de não se fazer caso de uma crise de Plutão, podendo ser muito mais grave, tais como reações violentas e compulsivas, excesso nas áreas influenciadas, traumas agudos psicológicos etc, dependendo da sua posição em trânsito e no Mapa Natal.   

Plutão personifica o impulso de encarar tudo o que há de mais profundo e misterioso na mente. Planeta da poluição (interior e exterior) Plutão representa a toxicidade do abuso emocional e psíquico e é o repositório daquilo que é considerado inaceitável e "mau" na própria pessoa e no mundo. Plutão é tudo aquilo que tem de ser eliminado, incluindo o rancor, a inveja e os ciúmes ocultos na profundidade da alma. O planeta põe em evidência estes sentimentos de modo a que os processos psicológicos que estão na sua origem possam ser compreendidos e transformados - Plutão faz luz sobre a alma. Este planeta tem muito a oferecer a todos quantos estejam dispostos a explorar sítios por onde os outros não ousam aventurar-se. Usado com sabedoria, Plutão pode transmutar as experiências mais negativas, libertando uma enorme força criadora. Tudo aquilo que se deteriorou é transformado em adubo para novas culturas; novas sementes são plantadas e germinam na escuridão. Se necessário, Plutão força a renovação. 

Usado de forma irresponsável, a malícia de Plutão transforma-se em maldade, provocando uma orgia de destruição. Quando não é resolvida a fúria de Plutão conduz à guerra.

Plutão está relacionado com o uso e abuso indevido do poder. Sempre que uma pessoa  tem poder sobre a outra, Plutão está em ação. Sempre que alguém se afirma, Plutão está a atuar de forma positiva, Atuando negativamente, Plutão sugere abuso ou ignorância, coação, manipulação e fanatismo, resultando do uso inconsciente do poder plutoniano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário