banner

DAVID BOWIE - ILUSTRE CAPRICORNIANO




David Robert Jones nasceu numa manhã fria, precisamente às 9h15m do dia 8 de janeiro de 1947,
 em Londres.
Era uma época difícil, a Segunda Guerra Mundial havia acabado há pouco tempo e as perspectivas não
eram muito promissoras. Ele estudou artes e, quando ainda era adolescente, ficou fascinado quando
 descobriu o jazz e o rock. Logo que deixou a escola, comunicou aos pais que seria artista.
Em pouco tempo, ainda com o nome de David Jones, gravou seus primeiros discos e participou de
algumas bandas, que não fizeram sucesso. Insatisfeito, mudou de nome e tentou carreira solo.
Foi então que surgiu David Bowie, que se transformaria num dos ícones da música e num dos
artistas mais originais e inventivos do século 20.Mas o sucesso não veio tão facilmente e ele teve
de se esforçar e ser perseverante, o que não surpreende, já que Bowie é capricorniano.
O que talvez supreenda algumas pessoas pessoas é o fato de o trabalhode Bowie ser marcado
pela imprevisibilidade e por constantes metamorfoses, já que Capricórnio é um signo que carrega
o estigma da austeridade e é associado ao que é fixo e constante.
A contradição é apenas aparente. Basta considerar que ele tem ascendente em Aquário,
signo de pessoas inquietas, iconoclastasque adoram experimentações e se comprazem em
surpreender, o que Bowie fez com maestria durante toda a sua carreira. Ele foi punk, pop, romântico,
minimalista, incorporou elementos de soul, transitou pelo glam rock, flertou com a música eletrônica
e criou figurinos extravagantes e inúmeros personagens estranhíssimos, o que lhe rendeu o título de
Camaleão do Rock. Talvez um dos mais marcantes de sua carreira tenha sido o personagem
Ziggy Stardust. À frente da banda The Spyders from Mars. Bowie se transformava numa espécie
de extraterrestre andrógino, que usava uma cabelos vermelhos, maquiagem fortísssima e trajes
 inclassificáveis que causariam espanto ainda hoje em dia.

Além do ascendente em Aquário, ele tem
Vênus em Sagitário e Lua em Leão, o que
 confirma o gosto pelo estrelato, por coisas
diferentes e insólitas, para dizer o mínimo.
E não foi apenas na música que Bowie
demonstrou talento. Como é indicado em
seu mapa por Netuno em trigono com o
ascendente, ele também demonstrou interesse
por artes plásticas e artes cênicas. Já foi
colecionador e obras de arte fez vários trabalhos importantescomo ator, entre os quais se destacam
Twin Peaks, de David Linch, no qual interpretou um agente do FBI; Basquiat, dirigido por Julian Schnabell,
 no qual
encarnou Andy Wahrol; A Última Tentação de Cristo, de Martin Scorsese, no qual representou
 Poncio Piltatos e Labirinto, de Jim Jenson, no qual deu vida a um mago. O mesmo aspecto de
 Netuno com ascendente também pode ajudar a explicar seu envolvimento com drogas,
principalmente com cocaína, que lhe rendeu algumas confusões e o obrigou a se internar algumas vezes.
Outra marca registrada de Bowie são seus olhos, que, mesmo sendo iguais, parecem ser de cores
diferentes. Ocorre que ele sofreu um sério trauma na juventude, que, felizmente, não ocasionou a
perdada visão, embora tenha deixado sua pupila permanentemente dilatada, o que causa a diferença
 cromática. Quando tinha 15 anos, ele se envolveu em uma briga na qual tomou um soco que quase
o deixou cego do olho esquerdo, obrigando-o a se submeter a várias cirurgias. É curioso que a
 possibilidade de um trauma no olho é indicada em seu mapa pela conjunção de Sol e Marte na casa 12.
Mas Bowie não é um apenas contestador ingênuo e inconsequente. Sua postura, seu comportamento
 e as letras de suas músicas, impregnadasde poesia e de invejável profundidade intelectual,colaboraram
para romper paradigmas e para mudar o comportamento de sua época. Bowie já foi casado anteriormente
 e hoje mantém um casamento duradouro com a belíssima modelo somaliana Iman, com a qual tem
 uma filha
 chamada Alexandra. Mas em 1972, em uma entrevista para a revista Melody Maker, ele se declarou
 bissexual, o que causou uma grande polêmica naquela época.
David Bowie é músico, compositor, multi-instrumentista, produtor e ator. Já trabalhou com muitos
artistas de sua época, a quem influenciou fortemente, como Brian Eno, Marc Bolan e John Lennou,
entre outros. Em 2004, a revista Rolling Stone consultou críticos e especialistas que o colocaram
na 39ª posição na lista dos Maiores Artistas de Rok de Todos os Tempos e na 23ª posição na
 lista dos Melhores Cantores de Todos os Tempos. Em 2013 lançou um novo trabalho e continua
 em plena atividade. Não é pouca coisa.
(P.s.: texto publicado em 4/1/2016, poucos dias antes da morte de Bowie)

Fonte: Via Astral

Nenhum comentário:

Postar um comentário