banner

Deuses Nórdicos & Gregos

Nórdicos
DEUSES QUE BRIGAVAM ENTRE SI
Os deuses vikings se dividem em duas famílias, os Aesir e os Vanir. Odin, deus principal, é reconhecido pela maioria dos vikings. Como em muitas religiões politeístas, as deusas desempenham um papel importante. O grande número de estatuetas dedicadas a Freya, deusa da fertilidade, leva a crer que ela era uma das mais veneradas. Venerar vários deuses ao mesmo tempo não atrapalhava os vikings em nada. Eles gostavam de pensar que as fontes, os céus e os oceanos eram povoados por uma multidão de divindades que competiam entre si e às vezes eram até inimigas umas das outras.
MITOLOGIA NÓRDICA


   Odin
Deus das Runas, Guerra, Poesia, Sabedoria, e Morte
Odin ou Wotan. O mais velho dos Deuses e líder dos Aesir (a raça dos deuses nórdicos). Senhor das Runas, Pai dos Mortos em batalha. Seu dia é quarta-feira; sua cor, é o azul; seus animais, a águia, dois corvos, o lobo e o cavalo. Odin é o favorito do Panteão devido ao seu amor pela batalha. Isso fez dele popular entre os vikings quando eles saíram da Escandinávia . Em seu grande salão Valhalla estão reunidos todos os mortos em batalhas. Todos os dias ele envia seus dois corvos, Hugin (espírito) e Munin (entendimento) , para saber das novidades dos vivos e dos mortos. Geri e Freki eram seus lobos protetores e comiam a carne ofertada a Odin em sacrifício. Entregou seu olho direito ao gigante Mimir, guardião da fonte da sabedoria, em troca do conhecimento das runas.

   Thor
Deus do Trovão, dos Raios, dos Relâmpagos e das Tempestades.
Filho de Odin e Ford, a Deusa da Terra. Na Noruega chegou a ser mais importante que Odin, por sua força e nobreza, aliadas a um espírito combativo que resultava mortal para seus inimigos.
Ele é um Deus imenso e possui uma força extrema. Ele adora torneios de força e é o principal campeão dos Deuses contra seus inimigos, o gigante do gelo. Sua arma é um martelo mágico chamado Mjolnir (o martelo-raio) , que nunca erra seu alvo. Possui um cinturão mágico que duplicava a força de seus golpes e luvas de ferro para segurar o martelo. Thor é o deus que derruba todas as barreiras que encontra em seu caminho. Protege o Asgard ( morada dos deuses vikings).
Seu dia é quinta-feira; sua cor, é o vermelho.

   Loki
Deus do Fogo
Conhecido como Malvado companheiro inseparável dos ases, Ladrão das tranças de Sif e Saqueador das maças de Idunn. Filho de Farbauti – o Criador do Fogo e de Laufrey, a filha dos Bosques. Loki deriva da raiz germânica que significa “chama”. Loki é o pai da Serpente que contorna o mundo, do lobo Fenris e da deusa Hel. Considerado um sedutor, tinha êxito com as mulheres.
Foi quem liderou o exército do mal na batalha final contra os Deuses.

  Freya
Deusa do Amor da Beleza e da Luxúria
Filha de Njord, o deus dos mares , Freya é a deusa do amor e luxúria. A lenda diz que ela foi entregue por Odin aos gigantes Fafner e Fasolt como garantia pelo pagamento da construção do Valhalla.
Sua beleza atraiu muitos inimigos ao Asgard.
Em muitos lugares da Escandinávia, Freya é mais popular que a esposa de Odin, Frigg.

  Heimdall
Guardião de Asgard
Seu palácio fica ao final do Bifrost, arco-íris que unia o mundo dos humanos ao mundo dos deuses. Vigilante e inimigo de Loki, foi relacionado com a runa Othel, a do velho sábio, último do oráculo, símbolo de acúmulo de riquezas através da experiência dos anos. Ele é tão atento que consegui ouvir uma grama crescendo na terra. Lendas dizem que ele tem uma visão de cem milhas. Possui a trombeta de Giallar, que usou para anunciar a última batalha no reino dos ases, o Ragnarok. Neste momento Loki será derrotado, e também Odin, para que o bem e o mal possam renascer novamente. Durante o Ragnarok, Heimdall foi o último a cair.

 As Valquírias
Filhas de Odin e de Erda, deusa subterrânea, eram deusas guerreiras e tinham por função recolher os guerreiros mortos e os levar para os salões do Valhalla. A mais famosa delas foi Brunhilde. Seu nome significa “Aquela que escolhe os mortos”.

    Bragi
Deus da Poesia e dos Bardos
Filho de Odin com uma humana , Bragi tem a figura de um homem velho tocando harpa. Com o reconhecimento de bardos famosos e poetas, Bragi passou a ser um deus importante no panteão. Mandamentos solenes estão recitados na Taça de Bragi. Contam que Bragi viveu no século IX e que foi tão famoso que foi elevado à categoria de um deus.

    Njord
Deus do Mar e Tempestades
Njord, pai de Freya e Frey, era capaz de prover aqueles que caiam em suas graças paz, prosperidade e tesouros escondidos em seus domínios. Ao contrário dos outros deuses, ele habitava as profundezas do mar. Dia da semana, sexta-feira; a cor, azul-claro; sua pedra, o coral.

   Balder
Deus da Beleza, da Luz e da Perfeição
Filho de Odin e Frigga. Espalha beleza, bondade e paz por onde passa, fazendo dele um dos mais amados deuses. Raios de luz saiam de seu corpo e sua sabedoria somente podia ser comparada a de seu pai. Sua popularidade e bondade atraíram a inveja de Loki, que armou um plano maligno. Balder era atormentado por sonhos horríveis , que significavam a morte próxima, e isso preocupou os deuses. Ele foi morto pelo seu irmão cego Holdur, que foi manipulado por Loki. Após o Ragnarok, Balder voltou para o mundo que acabara de ser destruído.

  Hel
Deusa da Morte e das Profundezas.
Filha de Loki com uma gigante do gelo, Hel foi designada por Odin para reinar no mundo subterrâneo, que passou a ter o nome de Niflheim (País dos Mortos). Em seu salão, ela governou sobre todos que morreram de velhice ou enfermidade. Quando em seu reino, seu poder é tão grande quanto o de Odin. Segundo a lenda, nas noites de lua cheia, Hel cavalgava com alguns espíritos, visitando lares, premiando ou punindo os seus habitantes com a vida ou a morte.

    Tyr,Tiw, Tiuz,
Deus da Guerra
Filho de Odin , Tyr era o Deus da guerra, devido sua força e honra. Seu dia é terça-feira; sua cor, é o vermelho; sua pedra, o rubi. Tinha a finalidade de ajudar a vencer o inimigo na guerra.
Algumas tribos tinham o costume de pintar a runa Tyr sobre o corpo, antes da batalha. Este ato mágico conferia a força necessária para a luta.
Perdeu sua mão direita para o lobo Fenris, filho de loki.

  Frigga a Grande Mãe
Deusa do Casamento e da Família
É a mulher de Odin, conhecida como “a bem amada”, modelo de esposa e de mãe. Seu dia da semana é sexta-feira e sua cor a azul. Seus filhos são Balder, o belo, Hod, o cego e Hermond, o ágil.

   Frey, Deus da Paz
Fertilidade e prosperidade material
Filho de Njord e irmão de Freya, este deus é do Clã dos Vanir.
De temperamento pacífico, era amplamente cultuado pelos nórdicos, principalmente na Suécia. Seu dia é domingo; sua cor, é o verde; sua pedra, a esmeralda. Era o senhor dos raios solares, da chuva e das riquezas.

   As Nornas
Deusas do destino
Urd, Verdandi e Skuld. São as três irmãs que tecem o destino dos homens em seus teares. Guardam a Yggdrasill, a árvore do mundo, que sustenta a Terra. São representadas pela virgem, a mãe e a anciã. Urd é muito velha e vive olhando para trás. Verdandi é uma jovem e olha sempre para o presente e finalmente Skuld, vive encapuzada e possui um pergaminho fechado que contém os segredos do futuro.

  Idunn
Deusa da Juventude
Dela depende o panteão nórdico, já que sem seus cuidados os Ases teriam vivido como qualquer mortal, envelhecendo. Sob sua proteção crescem as maças de ouro do Asgard, tão desejadas por todos os habitantes do Yggdrasil, árvores do mundo.

Gigante Mimir
Guardião da Fonte da Sabedoria e amigo de Odin.
Gigante cuja cabeça reside às margens do rio da sabedoria. Ele exigiu que Odin lhe desse um de seus olhos para deixa-lo beber da fonte.